A Construção Civil é uma das atividades que mais causam impacto no meio ambiente. No Brasil, aproximadamente 35% de todos os materiais extraídos da natureza anualmente, são usados pela construção civil.

Além dos recursos naturais, mais de 50% de toda a energia produzida é usada para abastecer casas e condomínios. Uma boa parte de energia gerada poderia ser economizada se as construções aproveitassem melhor a luz solar natural ou usassem lâmpadas e chuveiros econômicos.

Nas últimas décadas, profissionais de engenharia civil começaram a desenvolver o conceito de construção sustentável para diminuir esse impacto.

Segundo a Resolução do CONAMA N. 307/02, os resíduos da construção civil são os provenientes de construções, reformas, reparos e demolições de obras de construção civil e os resultantes da preparação e da escavação de terrenos, como tijolos, blocos cerâmicos, concretos em geral, solos, rochas, metais, resinas, colas, tintas, madeiras e compensados, forros, argamassa, gesso, telhas, pavimento asfáltico, vidros, plásticos, tubulações, fiação elétrica etc. – comumente chamados de entulhos de obras, caliça ou metralha.

 

Construção e Meio Ambiente

A Construção Sustentável

O conceito é moderno e pode ser aplicado a projetos de qualquer tipo de estrutura, desde casas populares a grandes construções.

Nesse modelo, arquitetos e engenheiros usam tecnologias ecológicas para preservar o meio ambiente e poupar recursos naturais.

A construção sustentável se baseia em 5 ideias básicas:

1 – Projetos Inteligentes;

2 – Redução da poluição;

3 – Materiais ecológicos;

4 – Eficiência Energética;

5 – Aproveitamento da água.

 

Construção Sustentável

Para realizar um projeto com responsabilidade ambiental, entre em contato com a Quattro Construtora. Nossos profissionais são capacitados para executar obras sustentáveis com qualidade e sofisticação.

Quattro Construtora. Construindo um futuro sem limites.

 

*Fontes: Revista EA e Fórum da Construção